21 de fev de 2013

50 tons de merda - Ou desculpem de Cinza



Bom espero que vocês entendam que cada um tem sua opinião, oque vim falar hoje é uma verdade, eu comprei o livro 50 tons de cinza por algumas criticas que achei construtiva sobre o livro, mais me enganei e não consegui chegar ao final e muito menos continuar a comprar o livro, por isso o dei para minha irmã que gostou desse tipo de leitura inútil.

O primeiro do livro é que a personagem principal no inicio do livro parece alguém importante, e que tem a cabeça no lugar, uma mulher objetivo e de opinião, quando chega a certa parte do livro, oque acontece, ela chega para fazer a entrevista com o garanhão, ela cai, mostrando o quanto desajeita ela é, e quando vai embora cai novamente, ela acha que o cara é louco sádico ao decorrer do livro.

Mas mesmo assim a deusa interior dela que sempre esteve acostumada a cuidar de gatos fica louca para conseguir alguma coisa com ele, afinal ele é bonico rico, só tem um porem sadomasoquista, oque é uma boa porque ela não gosta no inicio, mais aprende a apanhar e achar que ta bom.

Então ela finalmente pega o tal contrato onde diz que ela vai ser SUBMISSA  a ele, onde se vil, ja se passou essa época onde as mulher são submissas ao marido, ela tem que obedecer ele acima de qualquer circunstancia  ela veste oque ele quer, come oque ele quer, apanha quando ele quer, e transa com ele a onde ele quiser, e ainda aceita ter coisas introduzidas nela, ou seja que bela mulher de malandro ela é.

Desculpa mais achei que uma pessoa que lê esse livro, é alguém que cuida de gatos e acha que  um dia ira aparecer um Edward Cullen ou um Christian Grey na casa dela e dizer que fara tudo porque ela é a mulher de sua vida, então ele colocara uma mandioca em você e você dirá que esta tudo bem.

Não me entendam mal, só que não suportei falarem o quanto esse livro é bom na minha cabeça e precisava desabafar.




Um comentário:

  1. Bom saber que há mulheres que criticam essa porcaria. Mulheres inteligentes porque quem gosta desse livro tem sérios problemas emocionais e precisa fazer terapia urgente pra descobrir o que significa amor próprio.

    50 tons de merda é diarreia mental.

    Parabéns pelo post, Katie!

    ResponderExcluir